A cada dia mais consumidores já estão gerando a sua própria energia elétrica por meio do sol. De acordo com dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) no ano de 2018 mais de 26 mil sistemas fotovoltaicos foram comercializados.

A energia fotovoltaica cresce cada vez mais, não apenas pelo seu aspecto sustentável, mas principalmente pelo rápido retorno sobre o investimento (ROI). Com isso, um sistema solar é uma ótima alternativa para quem deseja fazer um bom Investimento a longo prazo.

Mas, se você ainda não foi convencido a investir na Energia Solar, no post de hoje vamos comparar a rentabilidade da energia solar com as principais aplicações da renda fixa. Ficou curioso? Então continue acompanhando!

investir em Energia Solar

Principais investimento em Renda Fixa

Para iniciar o nosso guia comparativo, é necessário avaliar os principais investimentos em Renda Fixa disponíveis no mercado. Sendo eles: a famigerada Caderneta de Poupança, as LCAs, LCIs, CDBs, os Títulos do Tesouro Nacional e os fundos de Renda Fixa (FIRFs).

Entre as variadas opções de renda fixa disponíveis, os Títulos do Tesouro Nacional são os únicos investimentos que poderiam ser mais competitivos com a energia fotovoltaica. Isso acontece, pois esse tipo de aplicação possui prazos de vencimentos mais longos, ou seja, rendimentos maiores que as outras opções encontradas na Renda Fixa.

Confira a seguir um resumo sobre as principais opções disponíveis:

Tesouro Selic (LFT)

O Tesouro Selic, também conhecido por LFT proporciona a remuneração baseado no índice de juros SELIC mais 0,06% ao ano. Uma alternativa caso a taxa Selic esteja em alta, uma vez que sua rentabilidade é indexada à taxa de juros básica da economia.

Tesouro Prefixado (LTN)

O Tesouro Prefixado, ou LTN, é um investimento de fluxo de pagamento simples, onde o valor investido é acrescido da rentabilidade (10,17% ao ano) na data de vencimento ou resgate.

Tesouro IPCA + Juros Semestrais (NTN-B)

A NTN-B proporciona um remuneramento para o investidor de acordo com o índice de inflação IPCA + 5,27% ao ano. Sendo uma ótima opção de investimento pois garante uma rentabilidade real, pois seu rendimento acontece por meio de duas variáveis, uma taxa de juros prefixada e a variação da inflação (IPCA).

investir em energia solar fotovoltaica para condomínios

Sistema de energia solar vs Investimentos de Renda Fixa

Para criar esse comparativo, vamos utilizar como base os valores dos índices de 2018, onde o IPCA foi de 3,75% a.a., a poupança 4,55 a.a e a Selic 6,50%. Para ilustrar o exemplo, vamos levar em conta um sistema de energia solar que gera cerca de 500 kWh por mês, atuando na tarifa de R$ 0,63/kWh e custou cerca de R$ 25.000,00.

Vamos supor que o valor de R$ 25.000,00 fosse investido em Renda Fixa, os resultados no ano de 2018 seriam:

  • NTN-B (3,75+5,27%: R$ 2250,00
  • LTN (10,17%) R$ 2.542,50
  • Poupança (4,55%): R$1137.50

Agora, vamos levar em consideração o investimento em um sistema de Energia Solar:

  • Economia energética anual (500 kWh por mês x RS 0,63 kWh x 12 meses): R$ 3.780.
  • Ao longo dos 25 anos de vida útil do sistema, a economia pode chegar a 20% ao ano de remuneração, já considerando a perda de performance anual.

Com isso, podemos perceber que o investimento em energia fotovoltaica é quase duas vezes mais rentável que as melhores alternativas de Renda Fixa. Além da rentabilidade do investimento em um sistema solar ser maior, o consumidor pode contar com a economia ao longo de toda a vida útil do sistema fotovoltaico.

Já no caso da Renda Fixa, as opções possuem vencimentos mais curtos e podem ser re-emitidas cada vez com taxas de remuneração inferiores. Por isso, o consumidor que possui condições financeiras para investimentos de longo prazo, deve optar pela instalação de um sistema de energia solar.

investir em energia solar ou em carro?

Bônus: Sistema Fotovoltaico ou Carro 0km

O automóvel é um bem muito valorizado no Brasil, por isso elaboramos mais um comparativo bônus: investir em um sistema solar ou um veículo 0km?

Carro 0 KM

Neste exemplo vamos levar em consideração um veículo 0km de R$ 60.000,00, sem levar em conta os gastos referentes à combustíveis, os gastos anuais serão:

  • IPVA: Aproximadamente R$ 1800,00;
  • Seguro: R$ 2500,00 que pode variar de acordo com o perfil do consumidor;
  • Primeira revisão: R$ 800,00;
  • Depreciação: R$9000
  • Custo total: R$ 14.100,00

Sistema de energia solar

Vamos levar em consideração o mesmo sistema do exemplo sobre Renda Fixa:

Como podemos observar, ao investir o seu dinheiro em um veículo, ele acaba sendo desvalorizado, sem contar os gastos com combustíveis. Por isso, se você está pensando em comprar um veículo novo, procure algum modelo mais econômico, para que sobre dinheiro para instalar um sistema fotovoltaico.

Dessa forma, você poderá usufruir de um carro e valorizar o seu dinheiro por meio da economia gerada pelo sistema fotovoltaico. Agora que você já sabe como a Energia Fotovoltaica pode ser um rendimento altamente rentável, faça o nosso teste para descobrir qual é o seu nível de conhecimento sobre o setor de Energia Solar e qual é o seu potencial de faturamento. Até a próxima!