5 (100%) 1 vote

O segmento de energia fotovoltaica não para de crescer, segundos dados da Aneel no ano de 2024 estipula-se que 886,7 mil unidades consumidoras da energia solar. Para suprir a demanda e oferecer equipamentos mais eficientes, empresas do mundo todo trabalham diariamente para otimizar os sistemas fotovoltaicos.

Seja analisando novos materiais semicondutores, buscando meios para reduzir o custo dos equipamentos ou até mesmo buscando novas funções e aplicações para a energia solar. Com isso, quem deseja aproveitar todas as vantagens da energia solar deve acompanhar constantemente as principais tendências do mercado de energia fotovoltaica.

E para te deixar por dentro de uma das principais novidades que no post de hoje elaboramos um guia completo sobre as usinas solares flutuantes. Ficou curioso? Então continue acompanhando!

usina solar flutuante

Conheça as usinas solares flutuantes

Mesmo sendo uma novidade para grande parte das pessoas, as usinas solares flutuantes são uma modalidade de instalação amplamente utilizada em todo o mundo. Países como os Estados Unidos, China, Japão e Reino Unidos já utilizam essa aplicação para gerar energia fotovoltaica.

Um bom exemplo é a fazenda solar da Disney, localizada na Flórida. Os módulos flutuantes instalados prestam homenagem para um dos personagens mais carismáticos da empresa, o famigerado Mickey.

As usinas solares flutuantes caracterizam-se em painéis solares instalados em lagos, rios, represas e áreas alagadas, aproveitando melhor o espaço físico de residências e empresas. Uma das principais novidades das usinas solares flutuantes, são os diversos benefícios e funções que esse tipo de sistema pode oferecer.

Desse modo, as usinas solares flutuantes garantem não só a geração de energia e a independência energética, mas também diversas aplicações. Como por exemplo na agricultura, onde o sistema fotovoltaico pode ser utilizado para bombeamento e também para o processo de dessalinização das águas dos poços artesianos.

Além disso, as usinas solares flutuantes também atua na redução da evaporação dos corpos d’água onde estão instaladas e também na prevenção do aumento de algas. Dessa forma, esse tipo de instalação também reduz o custo do tratamento da água.

Vale ressaltar que o ar mais frio na superfície quando comparado aos modelos instalados no solo ou em telhados, contribui para reduzir os riscos de superaquecimento dos painéis.

Dessa forma, as usinas solares flutuantes garantem uma melhor conservação da região onde são instalados, garantindo uma maior área de aproveitamento. Por isso, muitos países que sofrem com a falta de espaço físico, começam a investir nessa modalidade de sistema fotovoltaico.

usinas solares flutuantes

Quais são as vantagens das usinas solares flutuantes?

Além de garantir a geração de energia limpa (que não emite resíduos poluentes durante a sua utilização e produção), as usinas solares flutuantes contam com diversas vantagens.  A seguir confira os principais diferenciais desse tipo de instalação:

Maior eficiência

A principal vantagem atribuída às usinas solares são a sua capacidade de trabalhar com maior eficiência do que os sistemas instalados no solo ou em telhados. Isso acontece pois instalar painéis em cima da água, otimizam a eficiência do processo de geração devido a temperatura inferior dos painéis instalados em cima da água.

Redução da perda de água

Como dito anteriormente, reduzir a perda de água é uma das funções das usinas solares flutuantes. Uma vez que esse tipo de sistema é instalado em cima da água, além de gerar energia também reduz a quantidade de radiação solar e ventos que atingem a água, resultando na redução da evaporação em até 70%.

Sem contar que a própria água do local onde a usina solar flutuante está instalada pode ser utilizada para limpeza dos módulos. Fazendo das usinas solares flutuantes uma opção econômica e altamente sustentável.

sistema de energia solar flutuante

Maior resistência

Os equipamentos que formam os sistemas e módulos desse tipo de tecnologia são composto de polietileno, um material que garante alta resistência para os módulos. Dessa forma, as usinas solares flutuantes são extremamente resistentes e podem suportar fenômenos naturais, como um tufão , por exemplo.

Otimização das hidrelétricas

Muitos outros países já utilizam a superfície de lagos e estações de tratamento de resíduos nas águas. No entanto, o Brasil possui um diferencial vantajoso quando comparado à países como a China, uma vez que o território brasileiro possui grandes espaços destinados às hidrelétricas.

Desse modo, essa modalidade de instalação de painéis fotovoltaicos atuam otimizando o espaço alagado para abastecer as subestações, além de evitar mais alagamentos e desapropriação de terras. Com isso, as usinas solares flutuantes contribuem para diminuir os impactos que as hidrelétricas trazem para o meio ambiente.

O Brasil já utiliza esse tipo de tecnologia em espaços alagados por hidrelétrica. Como por exemplo as usinas solares flutuantes da hidrelétrica de Balbina na Amazônia. A usina que foi inaugurada no final da década de 1980 e foi apontada como um erro histórico, apresentando baixa eficiência, altas taxas de emissão de gases poluentes.

O projeto inundou cerca de 3.000 km², que resultou em diversos impactos negativos para a flora e fauna locais. Além de inundar territórios indígenas a usina operou com apenas um quinto da sua capacidade devido às secas.

Mas com o auxílio de usinas solares flutuantes, a usina de Balbina consegue atender cerca de 9,5 mil residências no município de Presidente Figueiredo.

usinas solares flutuantes

Conheça algumas aplicações das usinas solares flutuantes

Outro diferencial muito importante das usinas solares é a diversas de aplicações da energia gerada pelos módulos. Separamos as mais interessantes:

Sistemas de irrigação e tratamento

As usinas solares flutuantes são grandes aliadas da agricultura. Muitos processos de irrigação necessitam de grandes quantidades de energia elétrica para funcionar, resultando em custos elevados para os produtores.

Além disso, em muitas regiões do nordeste brasileiro é comum encontrar águas subterrâneas com altas concentrações de sal. Isso resulta em mais gastos para o tratamento da água para irrigação ou consumo humano.

Nesse sentido, as usinas solares flutuantes podem ser utilizadas para gerar energia para processos e técnicas de irrigação e tratamento das águas bombeadas. Sendo mais uma maneira viável de lucrar com a energia fotovoltaica e economizar recursos

Criação de peixes

Outra aplicação interessante das usinas solares flutuantes que também acontece com processos de dessalinização é destinada para criação de peixes. Ao realizar processos de dessalinização, os produtores podem utilizar as grandes quantidades de sal extraídos para abastecer tanques para criação de peixes.

Ao longo do post de hoje apresentamos uma revolução energética, as usinas solares flutuante. Agora que você já sabe tudo sobre o assunto, não deixe de conferir nosso post sobre as principais usinas solares do mundo!